Em Havana, animais abandonados nas ruas recebem identificação, comida e acompanhamento veterinário.

            Será que um dia veremos isso no Brasil?

          No Brasil, aproximadamente, 30 milhões de animais vivem abandonados nas ruas; Nas ruas de Havana, em Cuba, cachorros e gatos são castrados, identificados e alimentados.Cachorros_Havana_-_Francis_Paula-910x512

Cachorros_Havana_-_Francis_Paula__2-910x512

Anúncios

6 dicas simples para cuidar dos pets no calor

Atitudes simples podem ajudar a evitar os efeitos nocivos do verão

image

Eles já fazem parte da família e claro, nesse verão, porque não levar seu amigão para passear?

Mas antes temos que tomar alguns cuidados, pois esse excesso de calor pode ser muito desconfortáveis para eles.

Aqui vão algumas dicas que vão ajudar nosso amigo de quatro patas a ter passeios mais tranquilos e fresquinhos.

Filtro solar

Assim como nós, os Pets também podem desenvolver câncer de pele, principalmente os de pelos brancos e os de pele despigmentada. Evite o sol das 10:00h até às 16:00h, isso serve para você e para os Pets. Procure por um filtro solar específico para eles para passar no focinho, orelhas, barriga e peitoral. Utilize protetores de fácil absorção e de fator acima de 30. Quanto melhor a absorção, melhor, para evitar que eles lambam o produto.

Pulgas e carrapatos

Nessa época do ano, as pulgas e carrapatos se proliferam. Remédios e antipulgas devem ser aplicados todos os meses nos bichinhos.

Sempre procure um veterinário antes de comprar estes produtos, veja com ele qual é o melhor para o seu amigo.

Sempre que você descobrir que seu Pet tem pulgas ou carrapatos, procure um veterinário, não tente resolver por conta. Os parasitas penetram na corrente sanguínea e atacam as células podendo provocar anemia e sangramentos.

Insetos e outras doenças

Procure um veterinário e peça indicação de um repelente, pois como nós, eles também sofrem picadas de insetos.

Leptospirose – transmitida por meio de água contaminada com a urina de rato. Sempre deixe seu bichinho com a vacina em dia, e não deixe seu Pet brincar ou beber água parada, a qual você não saiba a procedência.

Calor

Raças com pelagens mais densas e longas são as que mais sofrem nessa época. Leve-o para tosar no inicio do verão, e sempre procure lugares frescos e ventilados para eles. E fique esperto com as piscinas, nem todos os Pets sabem nadar.

Tente evitar as piscinas. Piscinas contem uma alta quantidade de produtos químicos, o que pode agredir a pele deles. Dê um banho de mangueira! Seu bichinho vai ficar feliz e vocês irão se divertir muito!

Passeios

Passear é sempre bom, e na companhia deles, melhor ainda! Mas dê preferencia pelo horário da manhã e fim da tarde. Tente sempre andar onde tem sombra. Ficar muito tempo ao sol pode causar elevação de temperatura corporal, queimaduras nas patinhas e focinho, e em casos extremos, a morte.

Evite a beira da praia, pois os Pets podem contrair ou transmitir doenças. Isso pode acontecer mesmo com seu Pet bem limpinho.

Hidratação

Sempre dê água fresca para ele!

Fonte: Portal Zero Hora

Help canino: ONG Cão Sem Dono

E aí, pessoal? Tudo bem?

Hoje vamos falar de uma ONG que agora é nossa mais nova parceira: a Cão Sem Dono!

A Cão Sem Dono é uma ONG (Organização Não Governamental), sem fins lucrativos que nasceu de um grande sonho do seu atual presidente: tirar o maior número possível de animais das ruas, dar tratamento adequado e integrá-los a famílias que lhes deem amor, carinho e uma vida digna.

Eles atuam há sete anos e possuem 2 abrigos, também conhecidos como “Lar Transitório”, com mais de 210 animais que são constantemente tratados por veterinários, alimentados com ração de boa qualidade, bebem água potável, dormem em abrigos especialmente construídos e são tratados com muito amor e carinho por todos os funcionários e voluntários que estão sempre visitando as instalações onde ficam os cães.

O trabalho da ONG Cão Sem Dono é super sério! Portanto, se você tem a intenção de adotar um bichinho, certifique-se de que é isso mesmo que quer e se tem condições de dar amor, carinho e um lar digno para ele morar! Pois os animaizinhos já foram abandonados uma vez e sofreram bastante com isso. Portanto, não é nada legal que isso se repita!

Mas, se você quiser ajudá-los de outra maneira, eles aceitam doações! Ou então… de uma forma mais legal ainda: você pode apadrinhar um cãozinho! O apadrinhamento consiste no pagamento de um valor mensal ou pontual consoante com as suas possibilidades, podendo assim, dividir algumas das despesas com o pessoal da ONG!

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre o trabalho da Cão Sem Dono, visite o site!

http://www.caosemdono.com.br

image

Esse é o Boomer! Um cãozinho que está aguardando para ser apadrinhado

Pet do dia: Pingo!

wpid-img-20150111-wa0016.jpg

Pingo sorridente!

Nome: Pingo (por quê será, né?)

Raça: Pinscher zero

Idade: 9 anos

Onde mora: Itapevi

Sexo: Macho

Donos: Rodrigo e Luciene

 

Pingo e sua chegada na família!

O Rodrigo e Luciene estavam iniciando a vida de casados, o Rodrigo trabalhava e a Luciene ficava em casa. Assim, ela se sentia muito sozinha, chorava todos os dias, e além disso, sentia muita falta da mãe por perto. Então, em meados de janeiro de 2008, decidiram que um cachorrinho poderia ajudar a combater a solidão que Luciene sentia. Começaram a pesquisar sobre pets, mas só um mês depois, em fevereiro, conheceram o Pingo, um
“Pinscher zero”, com poucos dias de vida, um bebezinho, e no aniversário da Luciene em fevereiro mesmo, decidiram então, que ficariam com Pingo! E assim ele passou a se chamar a partir daquele dia!
Mas o filhotinho só pode ir para casa com 45 dias, e desde então ele faz parte da família.

Arteiro?

O Pingo conseguiu fazer uma bela de uma arte!!!
Ele conseguiu rasgar um colchão inflável! (Isso só prova que tamanho não é documento)
Ele cavou… Isso mesmo, cavou! Mas cavou tanto o colchão que acabou furando!!

Pingo e suas confusões!

wpid-img-20150111-wa0017.jpg

Pingo: só a pose é de cãozinho dócil

Em outra ocasião, Rodrigo e Luciene resolveram levar ele para passear. O dia estava bonito e então, decidiram ir até o Parque Cemucan, localizado em Cotia, na Grande São Paulo.

E nesse dia resolveram que iriam ensinar a ele “como andar sem coleira”. Como todo cachorro atentado, assim que o soltaram, ele saiu em disparada, mas sempre voltava. Uma alegria que só! Mas a alegria era tanta que não parava, até que ele se distanciou demais! Luciene deu um grito chamando-o para perto, mas como Pingo estava afastado, ela parou e ficou procurando por ele. Só que o parque estava movimentado, e isso dificultou pra ele encontrar Luciene novamente. Mas ele voltou! Ficou procurando, procurando, até que viu a dona deitada na grama, saiu correndo todo alegre e deu um pulo enorme em cima dela!! A alegria era demais!!! 😀

O Pingo, certa vez, com as artes dele, acabou fraturando a pata e com isso, passou algum tempo mancando. Isso fez com que ele percebesse que as pessoas davam mais atenção a ele! Só que o tempo passou…. passou e ele melhorou! Estava 100% novamente, mas algo ele não esqueceu: a atenção que todos davam a ele! E assim, quando queria um pouquinho de atenção, Pingo começava a mancar, mas a sem vergonhisse era tanta que ele mancava com A OUTRA PATA, que nunca tinha acontecido nada!!! Kkkkkkkkkk

O que o Pingo mais gosta?

Adora carinho na barriga, no pescoço e na cabeça… se derrete todo!!!

O que o Pingo não gosta?

Ele odeia quando tentam pegá-lo! (Cachorrinho pequeno: quem não gosta de pegar no colo, né?)
Seja adulto ou criança, melhor não insistir nisso! Só o Rodrigo e a Luciene conseguem, e mesmo assim, quando ele deixa! (Ooo bichinho de gênio forte!!)

Manias…

Toda vez que ele vai dormir, ele tem que cavar, (lembrando que ele não é um tatu) mas ele cava, e cava muito antes de dormir. Segundo a dona, ele faz isso para aquecer o local onde vai deitar. (Foi assim que ele rasgou o colchão inflável, lembram?)

Dica sobre a raça!

Rodrigo e Luciene disseram que a raça do nosso amigo Pingo, não é boa para se criar em apartamentos, pois são muito barulhentos, latem demais!

Os donos Luciene e Rodrigo com Pingo

Os donos Luciene e Rodrigo com Pingo

 

E aí? Gostaram da história?

Escreva pra gente! Sua história pode ser a próxima!

Lambidas!

OS 10 MANDAMENTOS DE UM CÃO

 

wpid-cymera_20150110_002437.jpg

1. Minha vida deve durar entre 10 e 15 anos. Qualquer separação será muito dolorosa para mim.

2. Me dê algum tempo para que eu entenda o que você quer de mim.

3. Tenha confiança em mim. É fundamental para meu bem estar.

4. Não fique zangado comigo por muito tempo e não me prenda em nenhum lugar como punição. Você tem seu trabalho, seus amigos e suas diversões. EU Só TENHO VOCÊ.

5. Fale comigo de vez em quando. Mesmo que eu não entenda suas palavras compreendo muito bem o seu tom de voz e sinto tudo o que você está dizendo. Isso ficará gravado em mim para sempre, jamais esquecerei.

6. Antes de me bater por algum motivo, lembre-se que tenho dentes que poderiam feri-lo seriamente, mas que jamais vou usá-los em você.

7. Antes de me censurar por estar sendo vadio, preguiçoso ou teimoso, pergunte antes se há alguma coisa me incomodando. Talvez eu não esteja me alimentando bem. Posso estar resfriado ou, ainda, meu coração pode estar ficando velho e cansado.

8. Cuide de mim quando eu ficar velho – você também vai ficar!

9. Não se afaste de mim em meus momentos difíceis ou dolorosos. Nunca diga: “Prefiro não ver” ou “Faz quando eu não estiver presente”.Tudo é mais fácil para mim com você ao meu lado.

10. Ame-me, pois independente de qualquer razão, eu lhe amo.